Comunicação na Hotelaria: muitos dizem e poucos praticam

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

O Blog Hotéis Nacional Inn abre espaço para a participação de um dos diretores da empresa, Daniel Santos. Graduado em Administração e Marketing, com MBA Executivo Empresarial pela Fundação Dom Cabral, foi vice-presidente comercial da Trend Operadora e eleito pela Panrotas, em 2013, como uma das personalidades mais influentes do turismo brasileiro. Daniel Santos tem um blog no site Pan Hotéis. No artigo abaixo, ele fala sobre a importância da comunicação para a eficiência no nosso dia a dia. Para ler mais textos do autor, acesse: http://blog.panhoteis.com.br/analise-e-percepcao

 

 

Vamos lá! Para uma boa comunicação, tempo e energia são necessários e estão diretamente ligados à clareza da mensagem. As informações centralizadas e sem jargões podem ser disseminadas para amplos grupos de pessoas, por pequena parte do custo da comunicação complicada e mal feita. Eu particularmente ainda cometo deslizes de usar termos técnicos para o público errado e percebo isso claramente. O linguajar técnico, muitas vezes, só atrapalha. A intenção de causar boa impressão por meio de termos técnicos pode atrapalhar. Cria confusões e até gera suspeita.
A comunicação parece funcionar melhor quando é tão direta e simples que até tem uma certa elegância.

Deixo aqui algumas dicas:


  • SIMPLICIDADE – Todo jargão ou linguagem técnica deve ser evitado ou eliminado, até que as pessoas estejam 100% aptas àquela linguagem.

  • METÁFORAS, ANALOGIAS E EXEMPLOS – Quem me conhece sabe, eu uso muito. Uma imagem verbal vale mais do que mil palavras.

  • FÓRUNS MÚLTIPLOS – Grandes e pequenas reuniões, interações formais e informais – tudo isso é eficiente para divulgar a teoria.

  • REPETIÇÃO – As ideias são absorvidas somente depois de ouvidas muitas vezes, papel fundamental da gerência.

  • LIDERANÇA PELO EXEMPLO – Quem trabalha ou trabalhou comigo está enjoado de escutar isso. O comportamento de pessoas importantes, se inconsistente com a visão, esmaga outras formas de comunicação.

  • EXPLICAÇÃO DE INCONSISTÊNCIAS APARENTES: Inconsistências não explicadas minam a credibilidade de toda a comunicação.

 


Mais informações: Marketing Hotéis Nacional Inn
Aline Fallaci – Jornalista
(35) 3722 – 2350 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *