Conheça os principais pontos turísticos de Salvador

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Um dos maiores polos turísticos do Brasil e do mundo, Salvador é a cidade mais populosa do Nordeste. Terra de gente alegre e hospitaleira foi a primeira capital do país e hoje se destaca pela grande herança cultural deixada desde a época da colonização. Berço de grandes nomes da música, literatura, dramaturgia e esporte, a capital baiana é também o lugar onde surgiu na década de 1980, o Axé – considerado um dos ritmos musicais mais populares do País. As ruas com belos casarões, as fortes manifestações religiosas, a culinária, a dança e o tradicional Carnaval, remetem a rica miscigenação entre portugueses, índios e africanos. De origem africana, o forte tempero baiano encanta paladares de todo o mundo devido aos sabores únicos de ingredientes como pimenta, gengibre, azeite de dendê e leite de coco. Além do turismo, as cerâmicas feitas manualmente, o artesanato, a indústria e a agropecuária também fomentam a economia da cidade que só durante o Carnaval, segundo dados da Empresa de Turismo da Bahia (Bahiatursa), chega a movimentar R$ 600 milhões. O Aeroporto Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães, criado em 1925 como uma pista de pouso alternativa, está entre os dez com maior volume de passageiros do Brasil. O local opera atualmente com cerca de 220 voos domésticos diários e 57 voos internacionais por semana. A população é estimada em quase três milhões de pessoas. Museus, Parques e as belas ilhas que compõem a região, fascinam visitantes de todas as partes. Há muito que ver na capital baiana que foi também a primeira capital do Brasil. Separamos algumas informações sobre pontos turísticos em Salvador. Confira!

Elevador Lacerda

Símbolo da cidade, um dos mais conhecidos cartões portais da Bahia. Apesar de secular, é um conjunto moderno, que recebeu várias reformas ao longo dos anos. Foi o primeiro elevador no mundo a servir de transporte público e o mais alto desse tipo, quando foi inaugurado, em 8 de dezembro de 1873. Liga a Praça Tomé de Sousa na Cidade Alta à Praça Cayru, no bairro do Comércio. Tem duas torres, quatro cabines e 73,5 metros de altura. Com capacidade total para 128 pessoas, nas quatro cabines, a viagem é rápida, dura 22 segundos. Transporta, em média, mais de 750 mil pessoas por mês e funciona 24 horas por dia. Em 2006, o Elevador Lacerda foi tombado pelo Iphan – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

 

Pelourinho

É onde está a maior riqueza cultural de Salvador. A arquitetura é composta pelas igrejas e pelas casinhas coloridas. No centro histórico de Salvador e tombado pelo patrimônio da humanidade da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), o Pelourinho é considerado um grande shopping a céu aberto por oferecer atrações artísticas, musicais e opções de bares, restaurantes, lojas de roupas, artesanatos e joias, museus e teatros. A praça XV de Novembro, mais conhecida como Terreiro de Jesus por causa da Igreja dos Jesuítas (atual Catedral Basílica), mantém características urbanas dos séculos passados.

 

Forte de Santo Antônio da Barra e Farol da Barra

Construído antes mesmo da própria cidade de Salvador, que é de 1549, o Forte de Santo Antônio da Barra é um exemplar da arquitetura militar portuguesa do século XVI. No Forte está o Farol da Barra, um dos mais conhecidos postais da Bahia em todo o mundo. O farol original foi instalado no forte no ano de 1698, sendo o primeiro de toda a América. O óleo de baleia alimentava lampiões protegidos por vidros que sinalizavam para os navegantes a entrada da baía. Sucessivas reformas transformaram o farol original em 1839, 1890 e 1937, quando ele foi finalmente eletrificado.

 

Ainda no Forte de Santo Antônio da Barra, está a mais antiga edificação militar do Brasil, construção de 1534, o Museu Náutico da Bahia é único do gênero em todo o estado, com valioso acervo de achados arqueológicos submarinos, uma coleção de instrumentos de navegação e sinalização náutica, maquetes, miniaturas de embarcações de variada origem e mostra permanente relativa à geografia, história, antropologia e cultura da Baía de Todos os Santos.

Estas são apenas algumas dicas. A Bahia tem muito mais para ser visto! E lembre-se, se você for a Salvador, conte com a gente, temos duas unidades na capital baiana: Hotel Golden Park e Hotel Nacional Inn. Estrategicamente localizadas e com uma equipe pronta para fazer você se sentir em casa!

 


 

Mais informações: Marketing Hotéis Nacional Inn
Aline Fallaci – Jornalista
(35) 3722 – 2350

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *