Lugares para viajar em Dezembro

Tempo de leitura: 5 minutos

Final de ano é tempo de fazer um balanço, analisar o que passou, traçar novas metas. É época de comemorar, descansar e recarregar as energias para mais um ano que se aproxima.  Dezembro também é mês da chegada do Verão, estação mais quente e mais alegre do nosso país tropical.  E para aproveitar tudo isso, nada melhor que viajar pelo litoral brasileiro, rico em belezas naturais e gente hospitaleira, sempre pronta para receber muito bem. Saiba mais sobre três destinos lindos, conhecidos internacionalmente e com a equipe dos Hotéis Nacional Inn, esperando por você!

Rio de Janeiro

O mais famoso destino do Brasil, cidade que une praia e montanha e recebe gente do mundo todo: esta é apenas uma das descrições possíveis para o Rio de Janeiro. Fundado por Estácio de Sá em 1565, o Rio foi capital nacional e teve importante participação na formação histórica, econômica e cultural do país. Até hoje, heranças da época de colonização e da vinda da corte portuguesa podem ser observadas na arquitetura dos sítios e construções mais antigas da cidade. Berço de grandes personalidades da música, literatura, dramaturgia, artes plásticas e esporte, Rio é cultura, é beleza, é alegria! A culinária é conhecida pelos pratos de botequins, como o bolinho de bacalhau e os pasteis de camarão.

A lista de pontos turísticos é interminável: Corcovado, Morro da Urca, Pão de Açúcar, Lagoa Rodrigo de Freitas, Jardim Botânico, Parque Nacional da Tijuca, Praia de Ipanema, Museu do Amanhã e para fechar, que tal uma noite na Lapa?! Tem ainda os grandes eventos que levam ao Rio, milhares de pessoas de todos os cantos do mundo. Festival internacional de Cinema, Carnaval, Fashion Rio, Rock In Rio e o tradicional Réveillon de Copacabana, são alguns entre os tantos que acontecem na cidade maravilhosa. No Rio, está a unidade Nacional Inn: Golden Park.

Recife

Do Sudeste, seguimos para o Nordeste. Terra do Frevo e do Maracatu, com praias exuberantes, Recife é uma das cidades mais visitadas do Brasil. Foi na capital de Pernambuco que os holandeses se estabeleceram quando vieram deslumbrados com a produção de açúcar, o que justifica a forte influência europeia na arquitetura dos casarões. Além disso, o grande movimento do Porto na época da colonização contribuiu significativamente para a formação socioeconômica e cultural da capital pernambucana – resultado da influência de holandeses, indígenas, judeus, portugueses e africanos.

Tendo recebido este nome por causa dos vários recifes que se estendem pelo litoral, é uma das regiões mais ricas do Nordeste e está na rota do turismo internacional médico-hospitalar devido à qualidade dos serviços prestados. É também polo gastronômico graças a pratos regionais como a Peixada Pernambucana, o Sarapatel, o Arrumadinho e o famoso Bolo Souza Leão, além da culinária internacional.

Terra de grandes nomes da música, literatura e artes plásticas, Recife tem um patrimônio cultural rico e diversificado. O Carnaval é um dos mais famosos do país e reúne todos os anos milhares de foliões fantasiados que se divertem ao som de ritmos típicos da região como o Frevo e o Maracatu.

O bloco recifense o “Galo da Madrugada”, está no Livro dos Recordes como o maior do mundo. Há também fortes manifestações artísticas relacionadas ao artesanato, trabalho que expressa a cultura local e movimenta milhões. Bem como os grandes eventos, o legado histórico chama a atenção de quem passa pela cidade.

No Bairro Recife Antigo é possível visitar a Sinagoga Kahal Zur Israel, a primeira das Américas e descobrir mais sobre a memória Recifense. Durante o passeio, os visitantes podem ainda conhecer a famosa Praia de Boa Viagem, o Museu Cais do Sertão, o Marco Zero, o Parque Estadual Dois Irmãos, a Casa da Cultura e o Teatro de Santa Isabel. Em Recife, são dois Hotéis Nacional Inn:  Dan Inn e Nacional Inn.

Salvador

Capital da música e dos sabores, um dos maiores polos turísticos do Brasil e do mundo, Salvador é a cidade mais populosa do Nordeste. Terra de gente alegre e hospitaleira foi a primeira capital do país e hoje se destaca pela herança cultural deixada desde a época da colonização.

Berço de grandes nomes da música, literatura, dramaturgia e esporte, a capital baiana é também o lugar onde surgiu na década de 1980, o Axé – considerado um dos ritmos musicais mais populares do País. As ruas com belos casarões, as fortes manifestações religiosas, a culinária, a dança e o tradicional Carnaval, remetem a rica miscigenação entre portugueses, índios e africanos. De origem africana, o forte tempero baiano encanta paladares de todo o mundo devido aos sabores únicos de ingredientes como pimenta, gengibre, azeite de dendê e leite de coco.

Além do turismo, as cerâmicas feitas manualmente, o artesanato, a indústria e a agropecuária também fomentam a economia da cidade que só durante o Carnaval, segundo dados da Empresa de Turismo da Bahia (Bahiatursa), chega a movimentar R$ 600 milhões.

O Aeroporto Internacional Deputado Luís Magalhães, criado em 1925 como uma pista de pouso alternativa, está entre os dez com maior volume de passageiros do Brasil. O local opera atualmente com cerca de 220 voos domésticos diários e 57 voos internacionais por semana. A população é estimada em quase três milhões de pessoas. Pontos como o Elevador Lacerda, Pelourinho, Forte São Marcelo, Farol da Barra, Igreja Basílica de Nosso Senhor do Bonfim, Museus, Parques e as belas ilhas que compõem a região, também fascinam visitantes de todas as partes. Em Salvador, estão os hotéis Golden Park e Nacional Inn.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *