Dicas para montar um roteiro de viagem

Tempo de leitura: 4 minutos

Ter em mãos um roteiro é sinônimo de mais tranquilidade para a sua viagem!

Viajar é sempre algo incrível! É a possibilidade de conhecer novos lugares, pessoas, culturas, hábitos e por aí vai… É voltar com a mala repleta de histórias e com a alma mais leve! Porém, muitas pessoas se esquecem de uma parte importante de todo o processo: a organização da viagem! Você pode até nos perguntar: “viajar é algo tão intuitivo! Por que devo me preocupar com isso”? Nós respondemos: com planejamento há ganho de tempo e economia de dinheiro!

Pensando nisso, preparamos algumas dicas básicas para você montar um roteiro de viagem! As sugestões são bem gerais, já que cada viajante tem seu perfil e objetivos. Mas garantimos que esse pequeno guia será útil para pessoas que vão passear com a família, com os amigos, sozinhas e também para os casais! Confira abaixo!

Fase 1:

Não sabe por onde começar? Responda as perguntas abaixo na ordem que achar mais interessante: 

Qual destino você pretende visitar?

Parece algo bobo, mas não é! Muitas pessoas acabam se perdendo com tantas possibilidades! Então responda para si mesmo: quero praia ou montanha? Lugar tranquilo ou badalado? Esse é o primeiro passo para começar a montar o roteiro. A escolha também vai influenciar nos outros tópicos!

Quanto tempo você tem disponível para conhecer esse lugar?

Outro ponto muito importante. Primeiro porque de nada adianta ir para um lugar com milhares de lugares legais e não ter tempo suficiente para conhecê-los! Ou, ainda, não ter orçamento disponível para todos os passeios. Pretende ficar um final de semana? Três dias? Cinco dias? 15 dias?

Quanto você pode investir nessa viagem?

É preciso calcular os gastos. Inclua valores de hospedagem, de combustível, de pedágio, de estacionamento, de passeios e de alimentação. Para quem tem o objetivo de viajar de avião será necessário inserir nessa conta as passagens, o traslado e como será a sua locomoção no período em que estiver na cidade. Também indicamos deixar um dinheirinho extra para imprevistos! No caso de viagens mais longas, outra dica é fazer um seguro com alguma agência de viagem!

Fase 2:

Destino escolhido, tempo de viagem estimado e orçamento no jeito: agora vamos colocar todas essas informações dentro de um roteiro!

Faça ampla pesquisa:

A ideia é que você use e abuse do Google, para obter informações importantes a respeito do destino que você quer conhecer! Pesquise quais são os principais pontos turísticos, os que mais valem à pena visitar, quais são os locais interessantes para se alimentar, melhor forma de se locomover na cidade (ônibus, metrô, táxi, uber). Procure ler, atentamente, a opinião das pessoas a respeito desses locais. Isso vai ajudar você colocar na balança o que é legal visitar e o que pode deixar de lado (principalmente se tiver pouco tempo). Faça anotações dos passeios que mais gostou e vá para a próxima fase!

Divida os passeios que pretende fazer pelo número de dias que vai ficar no destino:

Otimize seu tempo! É interessante planejar o que será feito em cada data! Tente visitar no mesmo dia locais que têm proximidade um com outro. Dessa maneira, você não vai perder tempo com deslocamento! E não esqueça! Otimizar o tempo não é sair fazendo tudo de uma vez! Pelo contrário é ter mais tranquilidade para conhecer os atrativos. Abaixo vamos falar mais sobre o assunto!

Não encare a viagem como se fosse uma maratona:

É sempre bacana conhecer vários lugares em uma viagem! Mas você precisa colocar na balança o que mais vale à pena: visitar milhares de locais e não aproveitar o que esses espaços têm a oferecer ou conhecer menos pontos turísticos e realmente aproveitá-los! Claro que a resposta vai depender do perfil do viajante! Porém algo legal em uma viagem é fazer um processo de imersão: perceber os detalhes, os sabores, os cheiros, os costumes e as pessoas. Na correria dificilmente haverá a possibilidade de um resultado tão rico!

Deixe um dia livre em sua agenda:

Em um dos tópicos abordamos a importância de planejar o que será feito em cada um dos dias da viagem! E isso vai ajudar muito no processo de organização! Porém é interessante deixar um momento livre para fazer o que aparecer, para vivenciar o que está fora dos planos e, ainda, para saber o que os moradores do destino fazem no cotidiano. Pergunte para a recepcionista do hotel o que ela acredita ser mais legal na cidade…Troque ideias! Garantimos que será uma experiência única!

Temos certeza que, seguindo esse passo a passo, você terá um roteiro simples e que vai ajudá-lo bastante! Alguém organiza a viagem de uma maneira diferente? Conte para gente nos comentários! Ah, e não se esqueça: a Nacional Inn possui mais de 50 unidades em 23 destinos do Brasil! Para saber mais é só acessar o site: www.nacionalinn.com.br

Até a próxima!

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *