Parque Nacional do Iguaçu: roteiro obrigatório para quem visita Foz

Tempo de leitura: 4 minutos

No extremo oeste do Paraná e com cerca de 260 mil moradores, Foz do Iguaçu se destaca pela exuberância das belezas naturais. Um dos pontos turísticos mais visitados é o Parque Nacional do Iguaçu, que abriga as famosas Cataratas do Iguaçu, uma das 7 Novas Maravilhas da Natureza, título concedido em 2011 em um concurso internacional.

A palavra Iguaçu significa “água grande“, na etimologia tupi-guarani. As Cataratas são formadas pelas quedas do rio Iguaçu. A formação geológica data de aproximadamente 150 milhões de anos, porém a formação do acidente geográfico das cataratas se iniciou a aproximadamente 200 mil anos.

O rio Iguaçu mede 1200 metros de largura acima das cataratas. A altura das quedas varia de 40 a 80 metros. Dependendo da vazão do rio, o número de saltos varia, atingindo um número superior a 100 nos períodos de média vazão. O volume maior de água é entre os meses de outubro a março. Todos estes dados explicam a grandiosidade do que é visto e admirado por gente do mundo todo.

A visitação pode ser tanto do lado brasileiro como em território argentino. Os principais saltos são 19, cinco deles do lado brasileiro (Floriano, Deodoro e Benjamin Constant, Santa Maria e União) e os demais no lado argentino. A disposição dos saltos, com a maior parte deles no lado argentino e voltados para o Brasil, proporciona a melhor vista para quem observa o cenário a partir do Brasil.

 

Parque Nacional

Criado em 1939, é a maior área remanescente de floresta Atlântica da região sul do Brasil. É espaço de preservação de espécies ameaçadas de extinção, como a onça-pintada e o jacaré-de-papo-amarelo.

Unido pelo rio Iguaçu ao Parque Nacional Iguazú, na Argentina, o Parque integra o mais importante contínuo biológico do Centro-Sul da América do Sul, com mais de 600 mil hectares de áreas protegidas e outros 400 mil em florestas ainda primitivas.

O Parque Nacional do Iguaçu é a primeira Unidade de Conservação do Brasil a ser instituída como Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO, em 1986. Aliás, o cuidado com o meio ambiente é a marca de Foz do Iguaçu onde a natureza exuberante está por toda parte.

Há diversas formas de conhecer o Parque Nacional do Iguaçu, por trilhas, safári ecológico, voos panorâmicos de helicóptero e o rafting pelas corredeiras. Há ainda o luau, passeio realizado em noite de lua cheia pelas Cataratas.

Para quem quiser dar uma esticada no passeio, em frente ao Parque Nacional do Iguaçu, há ainda outro ponto muito procurado por turistas do Brasil e do exterior.

 

Parque Nacional das Aves

Em 16,5 hectares de Mata Atlântica, o gigante viveiro a céu aberto abriga 1020 aves, de 150 espécies diferentes de todo o mundo. Em alguns viveiros, o visitante pode entrar e ficar bem perto de aves, como os tucanos, por exemplo. Também há répteis e até um borboletário no espaço. Considerado um dos maiores parques da América Latina, no local são mantidos projetos de conservação, procriação de algumas espécies e de preservação ambiental.

Todas as atrações podem ser visitadas mediante cobrança de ingresso. Passeios imperdíveis para quem aprecia natureza e esportes radicais, além da oportunidade de conhecer mais sobre a história e as riquezas do nosso Brasil.

Os pontos turísticos estão bem próximos dos Hotéis Nacional Inn em Foz do Iguaçu. O Parque Nacional do Iguaçu fica a menos de 5 quilômetros do Hotel Nacional Inn, a 14 quilômetros do Hotel Golden Park Internacional e a 17 quilômetros do Hotel Dan Inn. Consulte nossos pacotes especiais e desfrute do que Foz do Iguaçu tem a oferecer.

 

4 Comentários


  1. Já estive em Foz do Iguaçu pelo menos 2 vezes e foi uma experiência maravilhosa. Visitei tanto as Cataratas, como Itaipu e também o Paraguai. Destaco o Parque das Aves que foi um programa fora da rota que gostei muito de conhecer. As crianças mesmo vão adorar. Abraço, Thiago!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *